index_seta

O Vinho

Tempo Largo – Tinto, Denominação de Origem Controlada (DOC) Távora-Varosa

_

A Vinha dos Romilões

Situa-se a 575 metros de altitude, nas encostas da FAIA (Sernancelhe), sobre a margem esquerda do Távora e orientada a sudeste, em declive moderado para a albufeira da barragem do Vilar (Moimenta da Beira), cujo lago lhe ameniza o clima, habitualmente extremado por invernos frios e rigorosos e verões quentes e prolongados. Sensivelmente a meio, entre a nascente e a foz do rio Távora, a Faia tem a particularidade histórica de ter sido a primeira aldeia submersa pela albufeira de uma barragem em Portugal.

_

wine_features(1)

Processo

TEMPO LARGO, tinto, é um produto natural de uvas vindimadas à mão, selectivamente, e vinificadas de forma tradicional.
A vinha é cultivada em protecção integrada, num terreno pouco profundo, arenoso e permeável, ligeiramente ácido, mobilizado mecanicamente e sem agressão química.
Em função dos anos agrícolas, TEMPO LARGO pode ter por base a Touriga Nacional ou a Tinta Roriz, associadas ou não entre si com a Touriga Franca e, eventualmente, com a Tinta Barroca.

_

Prova

2013-1ª colheita:Vinho de cor rubi intensa, aroma predominante a frutos vermelhos maduros e alguns frutos secos, boca equilibrada com notas balsâmicas e de final aveludado.

2014-2ª colheita: (Vinho de cor violeta, aroma a frutos silvestres e especiarias, boca intensa e fresca com final especiado (spicy)

_

slide4
selo_garantia

A Região TÁVORA – VAROSA

O Távora e o Varosa são dois afluentes da margem Sul do rio Douro. Respectivamente a leste e a oeste da região a que dão o nome e que confina, a norte, com a região demarcada do Douro e, a sul, com planalto da Nave.
A Região Távora-Varosa é constituída pelos concelhos de Moimenta da Beira, Sernancelhe, Tarouca e ainda algumas freguesias dos concelhos Armamar, Lamego, Penedono, São João da Pesqueira e Tabuaço. As características edafo-climáticas, as suas vinhas plantadas em solos graníticos, solos litólicos e solos de transição, reúnem boas condições para a criação de vinhos geralmente frescos e com teores de acidez ideais para a produção de vinhos espumantes (*) que se encontram, aliás, entre os melhores de Portugal. A particular localização da VINHA dos ROMILÕES – no coração do Távora – confere, porém, ao tinto TEMPO LARGO, a sua própria especificidade. (*) CVR Távora-Varosa

separator_slim

A FAIA, a minha Faia: Uma recordação pré-aquática, nas recordações submersas da minha infância.

A minha avó cedo compreendera a minha sede. Em vez da água que eu lhe pedia, propunha-me, bom grado, uma pinga no panelo que ia buscar, de propósito e em directo, à pipa, na loja.

Feliz era ela a ver-me a cantar, a dançar, a rodopiar…até que minha mãe chegasse: ai, meu rico filho…que não te tens de pé!

A avó Angélica morreria e, anos depois, a água haveria de subir, lá do fundo, do Távora, pela margem acima, sem porém, atingir a sua casa onde continuaria o avô Zé Caixas. A de outros, da maioria mesmo, seria submersa. A dos mais abonados, reconstruída na proximidade mais alta, a dos mais pobres, substituída por uma das construídas em série na meia encosta, ou por iniciativa própria onde fosse possível. Neste caso, após aforrado o necessário pecúlio na emigração, a ponto de serem mais os “CAIXAS” na lista telefónica de Bordéus que na da própria aldeia…

separator_slim
MAPA_PT